Wertung:
84%
  • Info
  • Lyrics
  •  

    Vou reerguer o meu castelo
    Ferro e martelo, reconquistar o que eu perdi
    Eu sei que vão tentar me destruir
    Mas vou me reconstruir
    Voltar mais forte que antes

    Quando a maldade aqui passou
    E a tristeza fez abrigo
    Luz lá do céu me visitou
    E fez morada em mim

    Quando o medo se apossou
    Trazendo guerras sem sentido
    A esperança que ficou
    Segue vibrando
    E me fez lutar

    Para vencer
    Me levantar
    E assim crescer
    Punhos cerrados,
    Olhos fechados
    Eu levanto a mão pro alto e grito vem comigo quem é do bonde pesadão

    Ooo ooo ooo
    Só pesadão, pesadão dão

    Ainda erguendo os meus castelos
    Vozes e ecos
    Só assim não me perdi
    Sonhos infinitos
    Vozes e gritos
    Pra chamar quem não consegue ouvir

    Do engenho novo pra austrália
    Pronto pra batalha
    Cabeça erguida sempre pra seguir
    Se tentar nos parar
    Não é bem assim
    Ficaremos mais bem fortes do que antes

    Do sul ao norte
    Sonoros malotes
    Música da alma pra sábios e fortes
    Game of thrones com a gente não pode
    Minha ostentação é nosso som
    Iza e falcão são do bonde pesadão

    Ooo ooo ooo
    Só pesadão, pesadão dão

    Pesadão, pesadão dão

    Se o deles é chique
    O nosso é pau a pique
    O que não mata o pique
    Fortalece a equipe
    O som do repique
    Peço que amplifique
    Toca da Rocinha
    Chega em Moçambique

    Sábias palavras da sua companhia
    Muitos passos, passos no seu caminho
    Atitude, papo-reto, pesadão, dialeto
    Repique como raio-de-giz
    Iza como imperatriz
    Amizades e elos
    Novos castelos

    Iza e falcão são do bonde pesadão

    Ooo ooo ooo
    Só pesadão, pesadão dão